Últimas notícias

Esteja sempre atualizado...
Consulte os últimos acontecimentos do processo de reorganização da Nova Província.

Roma. Mediante uma carta, com data de 8 de dezembro de 2015, o Pe. Mathew Vatttamattam, Superior Geral, se dirige aos Claretianos dos Organismos Maiores da Europa por causa do processo de reorganização da Congregação no Continente.

Na carta, logo depois de recordar todo o processo de discernimento sobre a reorganização vivido durante o sexênio passado, anima a todos a despojarem-se dos medos e inércias para abrirem-se a novas fronteiras, inclusive no âmbito do pensamento (cf MS 66-67).

Fazendo referência às conclusões do XXV Capítulo Geral e da reunião dos Superiores Maiores que houve em Roma de 29 de novembro a 2 de dezembro, o Superior Geral anuncia que será colocado em andamento o processo de reorganização baseado no "Modelo I" que compreenderá as seguintes Províncias:
1.    Bética, Portugal e Reino Unido e Irlanda.
2.    Catalunha, Euskal Herria, França e Itália.
3.    Alemanha e Polônia.
4.    Santiago, que ainda deve consolidar-se na reorganização a que chegou a partir de três Províncias anteriores, Castela, Aragão e León.

Esta reorganização irá acompanhada de outros processos dinâmicos:
1.    A coordenação e o apoio mútuo dos apostolados fundamentais a nível de ECLA (Conferência dos Claretianos da Europa).
2.    A incorporação do pessoal para establecer comunidades interculturais, procurando sempre uma boa preparação e acompanhamento.

Implicará também a programação dos modos e instrumentos concretos para estabelecer mais contatos, planos comuns e intercâmbio  de pessoal entre aqueles Organismos que formarão uma mesma Província no futuro.

Finalmente, o Superior Geral menciona um período de três anos, ou talvez menos, para chegar à criação das novas Províncias. Para isto, designará entre seus Consultores os Delegados para acompanharem cada grupo de Organismos que vão se unir; enquanto que os Governos dos respectivos Organismos Maiores, junto com o Delegado do Superior Geral, programarão os passos concretos para a constituição de cada novo Organismo previsto.